O ataque noturno à geladeira

Culpe o seu cérebro: à noite, ele tem mais dificuldade em chegar à saciedade. O que fazer diante de tanta tentação?

Cientistas da Universidade Brigham Young arrumaram uma boa desculpa para quem ataca a geladeira à noite: sob as estrelas, nosso cérebro não responde tão bem aos estímulos calóricos do doce como o faz durante o dia.

O estudo publicado na revista Brain Imaging and Behaviour analisou o metabolismo do cérebro de voluntários que observaram várias imagens de alimentos com altas ou baixas calorias, e descobriu que as ondas cerebrais são mais intensas quando um alimento muito calórico é observado durante o dia. À noite a mesma imagem não estimula tanto o cérebro. Leia mais…

Categories: Ciência, Curiosidades Tags:

Entenda a disputa sobre o fator previdenciário e o ajuste fiscal

Câmara aprovou mudança de regras na aposentadoria em projeto que dificulta a obtenção da pensão por morte.

A votação da Medida Provisória 664, na noite de quarta-feira 13 na Câmara, ampliou a dificuldade de o governo Dilma Rousseff aprovar o ajuste fiscal. Ao analisar emendas à MP, os deputados colocaram em votação e aprovaram uma alternativa ao chamado fator previdenciário, criando uma intrincada disputa a respeito do futuro das aposentadorias no País, com possíveis impactos na recuperação da economia. Abaixo, leia algumas perguntas e respostas para entender a conjuntura atual. Leia mais…

Categories: Política Tags:

Como lidar com a nossa hiperconectividade

Quase todas as ruas em quase todas as grandes cidades do mundo estão lotadas de pessoas usando seus celulares, alheias à presença dos outros. É um comportamento que não existia poucas décadas atrás.

Acabamos nos acostumando ao fato de que compartilhar o mesmo espaço físico não significa mais compartilhar da mesma experiência. Onde quer que estejamos, levamos conosco opções muito mais interessantes do que o lugar e o momento que vivemos: amigos, familiares, notícias, imagens, modismos, trabalho e lazer cabem na palma da mão.

Mas como questiona o fotógrafo Josh Pulman, autor do ensaio Somewhere Else (em algum outro lugar, em tradução livre), cujas fotos são exibidas com esta reportagem: “Se duas pessoas estão andando juntas, cada uma prestando atenção a seu telefone, elas estão realmente juntas?”

Faz parte do ser humano ter uma profunda vontade de se conectar. Mas será que esse dom pode nos prejudicar em algum momento? É possível ficar “conectado em excesso”? E o que isso significa para nosso futuro? Leia mais…

Categories: Comportamento, Li na Internet Tags:

Quatro truques para melhorar a cobertura wifi na sua casa

Você tem uma rede de internet sem fio em casa mas não consegue acessá-la na sala de estar? O computador fica lento demais em determinado cômodo do domicílio?

Problemas assim são muito comuns. No entanto, é possível melhorar a cobertura da rede doméstica fazendo algumas mudanças e revendo algumas decisões tomadas para preparar a conexão.

Aqui estão alguns conselhos que você pode adotar para melhorar o acesso wifi na sua casa.

1) Confira se o roteador está em um lugar adequado – Faz alguns anos que você instalou a rede de internet sem fio na sua casa, mas é preciso parar e analisar qual é o melhor lugar da sua casa para colocar o roteador.

Talvez você tenha escolhido um canto meio escondido para não interferir muito na decoração da casa, nem na disposição dos móveis.

Mas o roteador funciona com ondas, como as de rádio ou as do seu celular, ou seja, qualquer obstáculo no meio do caminho – uma cortina, um livro, etc – pode interferir na sua cobertura.

A melhor estratégia é colocá-lo em um lugar alto, pois assim o sinal se expande para baixo e para os lados e ele fica livre de objetos ao redor.

Como o sinal se espalha em todas as direções, o melhor é colocar o roteador no centro do cômodo. Também é importante que você o coloque no local da casa onde mais irá utilizá-lo. Leia mais…

Categories: Dicas de Informática Tags:

Por que os negros não comemoram o 13 de maio, dia da abolição da escravatura

A Lei Áurea, que aboliu oficialmente a escravidão no Brasil, foi assinada em 13 de maio de 1888. A data, no entanto, não é comemorada pelo movimento negro.

A razão é o tratamento dispensado aos que se tornaram ex-escravos no País. “Naquele momento, faltou criar as condições para que a população negra pudesse ter um tipo de inserção mais digna na sociedade”, disse Luiza Bairros, ex-ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir).

Após o fim da escravidão, de acordo com o sociólogo Florestan Fernandes (1920-1995), em sua obra “A integração do negro na sociedade de classes”, de 1964, as classes dominantes não contribuíram para a inserção dos ex-escravos no novo formato de trabalho.

“Os senhores foram eximidos da responsabilidade pela manutenção e segurança dos libertos, sem que o Estado, a Igreja ou qualquer outra instituição assumisse encargos especiais, que tivessem por objeto prepará-los para o novo regime de organização da vida e do trabalho”, diz o texto. Leia mais…

Categories: Comportamento, Cultura, Educação Tags:

A origem do Dia das Mães

A mais antiga comemoração dos dias das mães é mitológica. Na Grécia antiga, a entrada da primavera era festejada em honra de Rhea, a Mãe dos Deuses.

O próximo registro está no início do século XVII, quando a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma às mães das operárias inglesas. Nesse dia, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as mães. Era chamado de “Mothering Day”, fato que deu origem ao “mothering cake”, um bolo para as mães que tornaria o dia ainda mais festivo.

Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data para a celebração das mães foi dada em 1872 pela escritora Júlia Ward Howe, autora de “O Hino de Batalha da República”.

Mas foi outra americana, Ana Jarvis, no Estado da Virgínia Ocidental, que iniciou a campanha para instituir o Dia das Mães. Em 1905 Ana, filha de pastores, perdeu sua mãe e entrou em grande depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a idéia de perpetuar a memória de sua mãe com uma festa. Ana quis que a festa fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas, com um dia em que todas as crianças se lembrassem e homenageassem suas mães. A idéia era fortalecer os laços familiares e o respeito pelos pais. Leia mais…

Categories: Curiosidades Tags:

Será que um dia viveremos debaixo da terra?

Em muitos aspectos, a casa da australiana Bernadette Roberts é exatamente como qualquer outra, com seus três quartos, sala, copa e cozinha. Mas não se trata de uma casa comum: Roberts vive debaixo da terra.

Ela é uma das moradoras de Coober Pedy, uma pequena cidade 846 quilômetros ao norte de Adelaide, no sul da Austrália. O lugar é famoso por duas coisas: suas minas de opala e seus “esconderijos” – casas subterrâneas escavadas nas pedras e que abrigam 80% da população local.

Coober Pedy é um lugar inóspito, onde a temperatura pode chegar a 50ºC. Há um século, mineradores que trabalhavam ali perceberam que o subsolo era muito mais fresco, e os moradores aderiram à ideia.

Mas enquanto o clima radical obrigou os habitantes de Coober Pedy a se mudarem para debaixo da terra, este não é o único lugar do mundo onde as autoridades estão procurando novos espaços urbanos sob nossos pés. Leia mais…

Categories: Não Classificado Tags:

O Brasil tem feriados demais?

Em uma semana mais curta por causa do feriado de Tiradentes, na terça-feira, o Rio de Janeiro comemora também o dia de São Jorge, nesta quinta.

Enquanto muita gente celebra os dias de descanso, outros se queixam de prejuízos causados pelos feriados.

A Fecomércio-RJ (Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro) calcula que, com menor movimentação comercial, o setor deixe de movimentar cerca de R$ 92,7 bilhões no Brasil neste ano, em decorrência de 11 feriados de 2015.

Mas será que o Brasil tem feriados em excesso?  Se compararmos os números de feriados nacionais com outros países, não parece ser o caso.

Estudo internacional da consultoria em recursos humanos Mercer calculou, no ano passado, que o Brasil tem número de feriados semelhante a países como Canadá, França, Itália e Suécia, com 11 feriados cada. Leia mais…

Categories: Curiosidades, Geral, Li na Internet Tags:

Nove motivos para você se preocupar com a nova lei da terceirização

O Projeto de Lei 4.330, a nova lei da terceirização, abre as portas para que as empresas possam subcontratar todos os seus serviços.

Hoje, somente atividades secundárias podem ser delegadas a outras empresas, como, por exemplo, a limpeza e manutenção de máquinas. Entidades de trabalhadores, auditores fiscais, procuradores do trabalho e juízes trabalhistas acreditam que o projeto é nocivo aos trabalhadores e à sociedade.

Descubra por que você deve se preocupar com a mudança:

1- Salários e benefícios devem ser cortados – O salário de trabalhadores terceirizados é 24% menor do que o dos empregados formais, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

No setor bancário, a diferença é ainda maior: eles ganham em média um terço do salário dos contratados. Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, eles não têm participação nos lucros, auxílio-creche e jornada de seis horas.

2- Número de empregos pode cair  –  Terceirizados trabalham, em média, três horas a mais por semana do que contratados diretamente. Com mais gente fazendo jornadas maiores, deve cair o número de vagas em todos os setores.

Se o processo fosse inverso e os terceirizados passassem a trabalhar o mesmo número de horas que os contratados, seriam criadas 882.959 novas vagas, segundo o Dieese. Leia mais…

Categories: Geral, Política Tags:

Por que acreditamos em deuses, fantasmas, anjos e demônios?

Somos programados para acreditar em Deus? Psicólogos, filósofos, antropólogos e neurocientistas sugerem possíveis explicações para a nossa disposição natural de acreditar, e para o poderoso papel que a religião parece ter em nossas vidas emocionais e sociais.

A religião – a crença em seres sobrenaturais, incluindo deuses e fantasmas, anjos e demônios, almas e espíritos – está presente em todas as culturas e permeia toda a História.  A discussão sobre a vida após a morte remonta a, pelo menos, 50.000 a 100.000 anos atrás.

É difícil obter dados precisos sobre o número de crentes de hoje, mas algumas pesquisas sugerem que até 84% da população do mundo são membros de grupos religiosos ou dizem que a religião é importante em suas vidas.

Vivemos em uma era de um acesso ao conhecimento científico sem precedentes, o que alguns acreditam que é incompatível com a fé religiosa. Então, por que a religião é tão difundida e persistente?

Os psicólogos, filósofos, antropólogos e até mesmo os neurocientistas sugerem possíveis explicações para a nossa disposição natural de acreditar, e para o poderoso papel que a religião parece ter em nossas vidas emocionais e sociais. Leia mais…

Categories: Crônicas, Religião Tags:

Pesquisadores criam bateria dobrável que carrega celular em um minuto

Cientistas americanos construíram uma bateria flexível de alumínio que, segundo eles, pode se transformar na alternativa barata, segura e muito rápida aos modelos existentes. Além disso, ela pode ser totalmente recarregada em menos de um minuto.

O protótipo de bateria é uma pequena bolsa contendo alumínio para um eletrodo e espuma de grafite para outro eletrodo, tudo cercado por um sal líquido especial.

Além da rapidez no recarregamento, os cientistas afirmam que ela é muito mais segura e duradoura que as atuais baterias de lítio, comuns em dispositivos eletrônicos como smartphones. A bateria também dura mais do que as pilhas alcalinas.

“Desenvolvemos uma bateria recarregável de alumínio que pode substituir os dispositivos atuais que, ocasionalmente, pegam fogo”, disse o autor da pesquisa Hongjie Dai, da Universidade de Stanford, na Califórnia.

“Nossa nova bateria não vai pegar fogo nem se você perfurá-la”, acrescentou. E um vídeo feito pelos pesquisadores mostra que a bateria até continua funcionando por um período curto depois de ser perfurada.

Os cientistas divulgaram os resultados obtidos com a nova bateria na revista especializada Nature. Leia mais…

Categories: Tecnologia Tags:

Eduardo Cunha e os múltiplos focos de poder

Vem de todos os lados os que pavimentam os degraus que Eduardo Cunha usa para galgar postos mais elevados. Do segmento evangélico, das empresas do setor de mineração, planos de saúde, construção, telefonia, veículos tradicionais de comunicação. Até juízes federais são representados pelo deputado.

Relações de poder que levam o carimbo de fisiologistas envolvem, em geral, tomada de decisões em busca de benefícios a interesses privados. Na política, é um fenômeno que não se restringe a um dos Poderes, mas se sobressai no Parlamento. Partidos e políticos ganham caráter fisiologista, por exemplo, quando oferecem apoio a qualquer governo em troca de cargos de primeiro e segundo escalão na máquina pública.

Eduardo Cunha não sairia do nada para chegar onde está hoje se tivesse se limitado ao fisiologismo tupiniquim tradicional. Mais próximo de um modelo americanizado de fazer política, o atual presidente da Câmara dos Deputados não está esperando ser agraciado pela Presidência com uma cota de ministros de sua predileção para depois desfrutar de influência e poder em Brasília.

Não é à toa que o deputado fluminense é comparado ao protagonista de House Of Cards, Frank Underwood. Na visão do congressista ambicioso do seriado, para ser bem sucedido na política é preciso diferenciar poder de dinheiro. “O dinheiro é a McMansion [termo pejorativo para casa super luxuosa que destoa do resto da vizinhança] em Sarasota [cidadezinha da Flórida] que começa a desmoronar depois de dez anos. O poder é o antigo edifício de pedra que fica por séculos. Não posso respeitar alguém que não vê a diferença”, explica Underwood, que despreza e descarta políticos que “pensam pequeno”.

O diferencial de Cunha, que certamente não pensa pequeno, talvez seja exatamente a força motriz de sua ascensão desenfreada: a elaboração constante de um mapa próprio do poder. Leia mais…

Categories: Política Tags: